PROJETO CAVALO MARINHO

Descrição do Projeto

Projeto Cavalo Marinho: A importância da Atividade lúdica para crianças e adolescentes na comunidade visando a inclusão social.

Convênio: Secretaria Municipal de Promoção Social e Combate a Pobreza/SEMPRE, Secretaria Municipal de Política para Mulheres Infância e Juventude – Fundo Municipal da Criança e do Adolescente, Conselho Municipal da Criança e do Adolescente.

O projeto “A importância da atividade lúdica na comunidade, para as crianças e adolescentes com deficiência visando a inclusão social”, está embasado na proposta sócio assistencial, educacional e terapêutica voltado para garantir os direitos da criança e do adolescente com deficiência e fortalecer a convivência familiar para o estabelecimento de vínculos na comunidade. A realização deste trabalho está fundamentada no Atendimento do Plano Nacional de Promoção, Proteção e Defesa dos Direitos de Crianças e Adolescentes a Convivência Familiar e Comunitária; ele parte da premissa sobre os benefícios e a influência que o meio social exerce sobre o sujeito e nas relações interpessoais sobre as crianças e adolescentes com deficiência e seus vínculos com a comunidade onde vive.

Este modelo pioneiro do projeto “Vamos à Praia”, traz a talassoterapia, palavra que vem do grego, mar, onde promove ações benéfica e salutar para as pessoas utilizando os recursos do mar. O desenvolvimento de atividades lúdicas realizadas na praia, além de beneficiar diretamente as crianças e adolescentes com deficiência, ele busca o desenvolvimento de atividades com vista a integração e o saber lidar com as diferenças; visando identificar as suas demandas, delimitando as ações conforme os quadros patológicos, objetivando neste empreendimento a promoção de impactos sociais, econômicos e ambientais para garantir às crianças e adolescentes melhor qualidade de vida, assegurando os seus direitos de ir e vir.

Apoiado pela Prefeitura Municipal de Salvador através da Secretaria de Políticas para Mulheres Infância e Juventude com o aporte do FMDCA e CMDCA e com a colaboração da Polícia Militar da Bahia (Esquadrão de Polícia Montada). As atividades foram realizadas nas praias de Ondina, Paripe, Tubarão, Itapuã e Ribeira. A utilização de recursos como pranchas e botes possibilitaram a realização de atividades pela equipe interdisciplinar, tornando as manhãs de domingo, prazerosas com fortalecimento de vínculos familiares e comunitários beneficiando 240 crianças e adolescentes com deficiência. A ABAE buscará fortalecer parcerias com o poder público e empresas privadas, visando prestar este atendimento dentro da comunidade onde as crianças e adolescentes com deficiência estão inseridos promovendo assim, melhor qualidade de vida.